Terça-feira, 28 de Setembro de 2004

Comentário de Piu

Estamos novamente a "bater no ceguinho" o que não se faz tem justificação (muito ou pouco credível) mas tem!
O que não tem justificação (e respostas pouco claras) são no fundo "coisas" pouco elaboradas e mal fundamentadas vindas de quem tem "dificuldade em se identificar". Onde é que eu já li isto? Bom, não interessa.
O único motivo que me leva a escrever prende-se com uma questão levantada pelo Sr Gil Feio, que visa a atribuição do nome de uma rua a "Alguém" que pela sua forma de estar e de agir ficará para sempre ligado à Freguesia de Urra.
Eu pessoalmente não levantaria esta questão ( entenda-se por respeito a familiares) mas já que alguém o fez resta-me dizer que subscrevo a ideia.
Seria realmente a melhor forma de prestar homenagem
a esta figura ímpar da Freguesia.
A zona desportiva seria por excelência o lugar priveligiado para tal, mas...não pode! E não pode porquê? Porque tem o nome do seu mentor e fundador o Comendador Elias Martins.
Já agora alguém me sabe dizer qual foi o primeiro nome da actual Ponte 25 de Abril? Pois é, mudam-se os tempos...
Era bom que esta ideia lançada uma vez mais, (porque segundo afirmam não está esquecida e já foi debatida)fosse de uma vez por todas colocada em prática.
Sem mais assunto...
publicado por spp13150 às 21:06
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Av a 29 de Setembro de 2004 às 09:44
Sr. Trindade
Não foi minha intenção beliscar a sua dignidade ou do Sr. Fitas, este comentário só foi feito devido ao facto do Presidente da Junta de Freguesia de Urra não se manifestar neste blog. Ou será que esse senhor não sabe escrever?
Uma vez que estou a tocar neste assunto, proponho aos membros da Junta que, não permitam que sejam colocados comunicados à população cheios de erros e com frases mal construídas, isso é uma vergonha.
Mas pelo que vejo, é também um problema seu.
Quanto às suas justificações, em parte, concordo e até aceito, mas será que a Junta não pode fazer mais do que faz! Quanto aos vândalos que partem os vidros, isso para mim tem uma justificação, os animais comportam-se à medida do mundo que os rodeia e da educação que lhe dão, um cão só “caga “ no canil, se o seu dono não o habituar a ir “cagar” à rua a horas certas. Quando os balneários estavam em condições ninguém partia vidros.
Um abraço

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30

.posts recentes

. Comentário de Francisco T...

. Comentário de Berito Tuss...

. Comentário de Alofo Litle...

. Comentário de Urra Jovem

. Comentário de Francisco T...

. Comentário de spp13150

. Comentário de Lista J

. Comentário de spp13150

. Comentário de Atenção que...

. Comentário de Habitante2

.arquivos

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds